Pular para o conteúdo principal

EFEITO BORBOLETA EXISTE NO MUNDO QUÂNTICO


O bater de asas de uma borboleta no pacífico pode ser responsável pelo aparecimento de um tufão do outro lado do planeta.
O chamado efeito borboleta, embora ilustrativo, explica o que cientistas chamam de teoria do caos – princípio que afirma que um pequeno evento pode ter conseqüências imprevisíveis, pois o resultado final é determinado por ações interligadas de forma quase aleatória.
Agora, Poul Jessen, da Universidade do Arizona, encontrou evidência do caos no sistema quântico. Sua descoberta liga o caos ao emaranhamento, a propriedade quântica na qual múltiplas partículas podem se tornar interconectadas, de forma que a mudança em uma afeta as outras.
A pesquisa foi feita com átomos frios de césio, que possuem uma característica conhecida como giro. A direção desse giro irá mudar se ele for perturbado pelos pulsos magnéticos de um campo. O objetivo dessa perturbação era ver se ela causaria a mudança do giro de forma caótica.
No exemplo da borboleta, os átomos de césio seriam o ar, e o campo magnético seria a própria borboleta, responsável pelo distúrbio (bater de asas) causado no sistema. 
De acordo com os cálculos e experimentos, a equipe descobriu exatamente o que previa. Se o giro começasse estável, ele se alteraria de forma regular; mas caso contrário, o caos reinava e o giro mudava de direção rapidamente e de forma aleatória. 
As descobertas, publicada na Nature, têm implicações na construção de computadores quânticos – e também levantam a questão: onde exatamente termina o mundo quântico, e onde começa o mundo clássico?

Postagens mais visitadas deste blog

MEDICINA VIBRACIONAL - A SAÚDE E O ADOECER HUMANO SOB A ÓPTICA DA FÍSICA QUÂNTICA

"Somos as únicas criaturas na face da terra capazes de mudar nossa biologia pelo que pensamos e sentimos! Nossas células são constantemente modificadas pelos nossos pensamentos. Um surto de depressão pode arrasar seu sistema imunológico; apaixonar-se, ao contrário, pode fortifica-lo tremendamente"
Dr. Deepak Chopra

MEDICINA VIBRACIONAL - A SAÚDE E O ADOECER HUMANO SOB A ÓPTICA DA FÍSICA QUÂNTICA
"No mundo da medicina vibracional, a doença é causada não apenas por germes, substâncias químicas e traumas físicos, mas também por disfunções crônicas dos padrões de energia emocional e pelos maus hábitos de relacionamento da pessoa consigo mesma e com os outros. O caminho vibracional não usa bisturis e medicamentos de laboratório para tratar as doenças, mas sim diferentes formas de energia para produzir transformações curativas na mente, no corpo e no espírito do doente” (Richard Gerber - Medicina Vibracional: Uma medicina para o Futuro).

Medicina vibracional é um conceito e suge…

10 ESTUDOS CIENTÍFICOS DEMONSTRAM QUE A CONSCIÊNCIA PODE ALTERAR O MUNDO FÍSICO

10 Estudos Científicos Demonstram que a Consciência Pode Alterar o Mundo FísicoNicola Tesla foi quem disse melhor, “o dia em que a ciência começar a estudar os fenômenos não-físicos, vai fazer mais progresso numa década do que em todos os séculos anteriores da sua existência. Para compreender a verdadeira natureza do universo, deve-se pensar em termos de energia, frequência e vibração.” Swami Vivekananda era o mentor de Tesla, um monge hindu indiano e o principal discípulo santo Ramakrishna do século 19. A ciência funciona melhor quando em harmonia com a natureza. Se colocarmos os dois juntos, podemos descobrir grandes tecnologias que só podem acontecer quando a consciência do planeta está pronta para abraçá-los, como a energia livre. A intenção de apresentar esta informação é para demonstrar que os pensamentos, intenções, oração e outras unidades de consciência podem influenciar diretamente o nosso mundo físico. A consciência pode ser um grande factor na criação de mudanças no planeta.

CORPO HUMANO: UMA PROJEÇÃO DA CONSCIÊNCIA

CORPO HUMANO: UMA PROJEÇÃO DA CONSCIÊNCIA
Um dos princípios fundamentais da física quântica é que nossos pensamentos determinam a realidade. No início de 1900 isto foi provado sem sombra de dúvida com uma experiência chamada de dupla fenda. Eles descobriram que o fator determinante do comportamento da energia (“partículas”) no nível quântico é a consciência do observador.

Por exemplo: os elétrons nas mesmas condições, às vezes agem como partículas e em outras vezes agem como ondas (energia sem forma), porque são completamente dependentes do que o observador espera que aconteça. Seja o que for que o observador acredita que ocorrerá é que o campo quântico fará.
O mundo quântico está esperando por nós para tomar uma decisão para que ele saiba como se comportar. É por isso que os físicos quânticos têm dificuldades em lidar com os experimentos para explicar e definir o mundo quântico. Somos verdadeiramente em todos os sentidos da palavra, mestres criadores, porque nós decidimos o que vai se m…