Pular para o conteúdo principal

MEDICINA QUÂNTICA COMO RESULTADO DA CIÊNCIA FÍSICA ?

De Einstein a Planck, de Shumann a Rife

Max Planck , em 14 de dezembro de 1900, anuncia, na Sociedade Berlinense de Física, que a energia não é emitida e nem absorvida continuamente, mas sim na forma de muito pequenas porções discretas chamadas quantum ou fótons , cuja grandeza é proporcional à frequência da radiação.
Nascia a Física Quântica e consolidavam-se as mudanças de concepção que já vinham sendo anunciadas desde os fins do século XIX. Abandonava-se, assim, definitivamente, a ideia de que a Física deva ocupar-se da causalidade do movimento pela tarefa teórica, amadurecida com a obra de Newton, no século XVII, de descrever a ordem natural, "com experiências seguras [...], com o auxílio da geometria" procurando, como escreveu Kant no século XVIII, "estabelecer as regras segundo as quais ocorrem certos fenómenos na natureza . Sublinhe-se que a Física nasce com Aristóteles no século III antes de Cristo ocupando-se da " substância que tem em si mesma a causa de seu movimento", conforme escreve o filósofo grego em “ Metafísica VI” , isto é, a Física é uma teoria do movimento.
Em 1865, James Maxwell descobre os comportamentos dos campos eléctrico e magnético e as suas interacções com a matéria e fornece uma explicação quantitativa da luz como onda eletromagnética o que é considerada um dos grandes triunfos da física do século XIX Não tendo tido tempo em vida para poder assistir à comprovação da sua teoria que estava correcta, esta foi realizada em 1987 pelo Físico Alemão Heinrich Hertz.
Em 1924, Louis de Broglie propôs uma teoria segundo a qual os elétrons possuem uma onda associada, que influenciaria as características do seu movimento. A tese de De Broglie foi aperfeiçoada por Erwin Schrödinger, que a utilizou para chegar, em 1926, ao que é hoje a mais usada formulação matemática da Mecânica Quântica ( a equação de Schrödinger). A teoria ondulatória conseguiu explicar como os elétrons dos átomos não podem possuir qualquer energia, e, conseqüentemente, não podem ocupar qualquer órbita ao redor do núcleo, mas apenas algumas pré-determinadas - um caso particular do fenômeno da quantização da energia. A existência de apenas algumas freqüências permitidas em vibrações de estruturas circulares (no caso dos elétrons, as freqüências das "ondas de De Broglie" correspondem às suas energias) é um efeito natural que ocorre com qualquer tipo de onda.
Einstein e Infeld em "The Evolution of Physics", anotando que fora necessária "uma corajosa imaginação científica para reconhecer que o fundamental para a ordenação e a compreensão dos acontecimentos podia não ser o comportamento dos corpos; mas o comportamento de alguma coisa que se interpõe entre eles, isto é, o campo -", indicam de forma clara os problemas que a Física Relativista trazia para a pretensão da Física Clássica de realizar a descrição do curso dos fenómenos através da representação visual das partículas em movimento. A relação de Einstein com a Física Quântica é interessante. Ele foi o primeiro a afirmar que a teoria quântica era revolucionária. A sua ideia de luz quântica foi um corte com a Física clássica, tendo passado os últimos anos da sua vida a encontrar uma teoria que unificasse a mecânica quântica com a sua teoria da relatividade geral , mas através de uma argumentação determinista e não probabilística ( Deus , não joga dados, dizia Einstein).
Desde o início de sua formulação, a Física Quântica apresentou uma dificuldade essencial: a necessidade de se atribuir um papel fundamental para a figura do observador (aquele que está a realizar uma experiência quântica). Isso decorre do fatco da teoria quântica ser de carácter não determinístico, ou seja, trata-se de uma teoria para a qual a fixação do estado inicial de um sistema quântico (um átomo, por exemplo) não é suficiente para determinar com certeza qual será o resultado de uma medida efectuada posteriormente sobre esse mesmo sistema. Pode-se, contudo, determinar a probabilidade de que tal ou qual resultado venha a ocorrer. Mas, quem define o que será medido e qual resultado que se obtém com uma determinada medida é o observador. Com isso, nas palavras de E. P. Wigner, " foi necessária a consciência para completar a mecânica quântica".
De forma resumida, pode-se dizer que as descrições mais convencionais apontam a consciência como sendo uma propriedade emergente das atividades computacionais realizadas pelas redes de neurónios que constituem o cérebro. O cérebro é visto essencialmente como um "computador" para o qual as excitações neurais (correspondentes à actividade sináptica) seriam os estados de informação fundamentais (equivalentes aos bits). A partir dessa visão, certos padrões de actividades neurais teriam estados mentais correlacionados, sendo que oscilações sincronizadas no tálamo e no córtex cerebral produziriam uma conexão temporária dessas informações e a consciência surgiria como uma propriedade nova e singular, emergente da complexidade computacional das redes neurais actuando em sincronia
Mas, afinal de que efeitos tão estranhos, dos quais temos estado a falar ?
O leitor certamente surpreender-se-ía se disséssemos que sem a mecânica quântica não conheceríamos inúmeros objectos com os quais lidamos quatodianamente, hoje em dia. Só para ter uma ideia podemos mencionar o nosso aparelho de CD, o controle remoto de nossas TVs, os aparelhos de ressonância magnética em hospitais ou até mesmo o micro-computador que está a utilizar para ler este artigo. Todos os dispositivos electrônicos usados nos equipamentos da chamada high-tech só puderam ser projetados porque conhecemos a mecânica quântica
A mecânica quântica é a teoria que descreve o comportamento da matéria na escala do "muito pequeno", ou seja, é a física dos componentes da matéria; átomos, moléculas e núcleos, que por sua vez são compostos pelas partículas elementares.
O advento da Física Quântica causou e tem causado enormes transformações na vida de todos nós .Nem sempre e nem todos estamos conscientes dos modos pelos quais uma revolução científica iniciada há cem anos pode-nos afectar ainda hoje, mas provavelmente já ouvimos falar de seu impacto na evolução da própria Física e de toda controvérsia gerada pelas dificuldades conceptuais de interpretação dos fenômenos quânticos . Os seus efeitos, porém, estender-se para além da Física, com desdobramentos importantes na Química, com a teoria de orbitais quânticos e suas implicações para as ligações químicas, e na Biologia, com a descoberta da estrutura do DNA e a inauguração da genética molecular, apenas para citar dois exemplos.
O Físico alemão W. O. Shumann , constactou em 1952 , que a terra era cercada por um campo electromagnético que se forma entre o solo e a parte inferior da ionosfera que fica a 100 kms acima de nós . Esse campo possui uma ressonância ( ressonância Shumann ), mais ou menos constante com uma frequência de 7,83 hertz e que fora desta frequência biológica natural, não podemos ser saudaveis . Sempre que os astronautas, em razão das viagens espaciais, ficavam fora da ressonância Schumann, adoeciam. Mas submetidos à acção de um “simulador Schumann” recuperavam o equilíbrio e a saúde.
É esta a frequência do nosso cérebro e de todos os vertebrados.
Só que a partir dos anos 80 do século XX e de forma mais acentuada a partir dos anos 90 a freqüência passou de 7,83 para 11 e para 13 hertz por segundo. O coração da Terra disparou. Concomitantemente fizeram sentir-se desequilíbrios ecológicos , perturbações climáticas, maior actividade dos vulcões, crescimento de tensões e conflitos no mundo e aumento geral de comportamentos desviantes nas pessoas, entre outros. Devido a aceleração geral, a jornada de 24 horas, na verdade, é somente de 16 horas. Portanto, a percepção de que tudo está a passar rápido demais não é ilusória, mas teria base real neste transtorno da ressonância Schumann.
O norte americano Royal Raymond Rife dedicou mais de sessenta anos da sua vida à construção , projecção e desenho de equipamentos médicos nomeadamente ópticos ( microscópio universal ) e investigação da medicina bio-eléctrica . Rife investigou as freqüências de áudio e proclamou que a elas se deviam os resultados felizes que vinha observando, e nunca às ondas contínuas, por si mesmas. Os geradores modulados de rádio frequência de Rife foram os primeiros dispositivos modernos a simular a função dos velhos aparatos electro-terapeuticos de ondas amortecedoras.
Aumentando a intensidade de uma frequência que ressonava naturalmente num micróbio Rife aumentou as suas oscilações naturais até que eles distorcerem e desintegrarem no seu stress natural. Rife chamou a esta frequência de “taxa oscilatória mortal (TOM), não causando quaisquer danos aos tecidos vizinhos.Estes princípios podem ser ilustrados pelo uso de uma intensa nota musical para quebrar uma taça de vidro: as moléculas do vidro oscilam em algum harmônico (múltiplos) dessa nota musical, estando em ressonância com elas. Como todas as outras têm frequências de moléculas ressonância diferentes, nada além do vidro é destruído.
Entre , muitos outros cientistas, que contribuíram indelevelmente para o conhecimento científico, prestamos aqui homenagem, a alguns que contribuiram directa ou indirectamente para o desenvolvimento da medicina quântica .

Como funciona ?

Cada elemento ou orgão do nosso organismo tem uma frequência electro-magnética exclusiva e universal a qual envia informação ao corpo electro-magnético . São estas frequências que permitem , através de um equipamento de software muito sofisticado medir a radioactividade electro fisiológica ( EPR) do paciente o que associado ao potencial evocado permite proceder a rápidos diagnósticos e processos de tratamento das enfermidades , equilibrando o campo energético do organismo.

Como funciona, então, a terapia quântica ?

As metodologias utilizadas são a biorressonância e o biofeeback as quais incluem o " auto-focus" que permite os ajustamentos e rectificações permanentes das frequências durante a terapia. Como nos electroencefalogramas - EEG , ou nos electrocardiogramas - ECG ou nos electromiogramas - EMG, que utilizam o princípio do potencial evocado para proceder ao registo da corrente eléctrica estimulada e dessa forma proceder aos diagnósticos, a medicina quântica, não só realiza o diagnóstico como utiliza o método, como processo para terapia.

Assim, utilizando o estimulo ao potencial evocado são ligados sensores aos pulsos, cabeça e tornozelos para medir e enviar informações da ressonância e as frequências.

 














Para que serve ?



Estabilização da rede neuronal, detecção de traumas

Reactividade inconsciente, desensibilização alérgica

Dores, relaxamento, flexibilidade, fadiga crónica, sistema imunitário, oxigenação

Reparação metabólica, reparação neurológica

Anti-envelhecimento, eliminação de rugas, eliminação de gordura corporal


Entre muitas mais ...
Terapias quânticas
Estas terapias são realizadas através de um equipamento:

SCIO – Scientific Consiousness Interface Operation .

O SCIO é um sistema de biofeedback utilizando um software informático seguro e muito potente o qual detecta mais de 12000 elementos do corpo humano a uma velocidade superior a 200 transações por segundo, revelando pela reactividade electrofisiológica da pessoa os seus níveis (vitaminas, aminoacidos, enzimas, minerais, nutrientes, açucares naturais, toxinas, doenças, bactérias, fungos, alergias, parasitas, virus, factores mentais e emocionais, orgãos, músculos... etc) .
O equipamento SCIO/QXCI com que trabalhamos tem a patente do Prof William Nelson, investigador da NASA que dedicou mais de três décadas da sua vida à investigação de medicinas alternativas, física quântica, psicologia e biologia. Ao trabalhar nestas teorias trivectoriais no projecto APOLO da NASA e investigando os campos electromagnéticos aplicados à medicina, desenvolveu o tratamento energético mais avançado do mundo - SCIO .

Teste, diagnóstico e terapias integradas

Teste, diagnóstico e terapias integradas
Numa verdadeira medicina da informação, a velocidades de permuta de informação celular a 200 transações por segundo, efectuam-se as seguintes operações e medidas : 1º Envia frequências 2º Procede à leitura das respostas 3º Calcula e envia rectificações 4º Mede a melhoria resultante .
Fonte : Prof Dr William Nelson-Nasceu em Warren, Ohio, nos EUA em 1951. O Prof William Nelson é um cientista mundialmente reconhecido, congressista internacional e respeitado escritor, inventor do EPXR ( Electro Physiological Frequency Xroid), hoje QXCI/SCIO que constitui o sistema de terapia e de diagnóstico biofeedback, mais avançado do mundo. É autor de 12 livros e de mais de 200 artigos com temáticas homeopaticas, electroacupunctura e biologia quântica. Iniciou a sua carreira como matemático e físico na NASA, no projecto APOLO 13, no qual esteve activamente envolvido na determinação da trajectória que assegurou o regresso seguro da primeira expedição à lua (apollo space program). O Prof Bill Nelson é licenciado em biologia, física quântica e medicina, respectivamente, pelas, University of Wisconsi , Youngstown State University e International Medical University sendo doutorado em psicologia pela South Eastern University. Durante o curso de medicina, confrontou-se com desagrado, com um ensino que apontava para respostas terapeuticas totalmente dependentes dos medicamentos sintéticos e nunca ouvindo alusão ao conhecimento e desenvolvimento dos sistemas eléctricos do corpo. Ao estudar em conjunto com o Dr Isaacs autor do livro “About quantum biology” começou a investigar os limites e os efeitos colaterais dos modelos de drogas sintéticas, abandonando o internato médico e dedicando-se ao estudo e investigação da biologia molecular.Ele escolheu, então, dedicar a sua vida à investigação e tansmissão de conhecimemto das medicinas naturais ao público. Complementando a sua formação terminou os cursos em Naturapatia ( Clayton), Acupunctura (Occidental Institute), Direito Internacional (Lafayette).Nos últimos 12 anos o Dr. Bill Nelson tem sido nomeado para Prémio Nobel da Medicina pelas investigações e contributo científico na àrea das medicinas alternativas.
Prof Dr William Nelson
http://quantumvida.blogspot.com/


Picaretagem quântica lusitana atacando em terras d'além mar *


Há poucos dias uma pessoa próxima me disse que ia a São Paulo submeter-se a um exame através de um "scanner" para diagnóstico desenvolvido pela NASA. Essa pessoa vem sofrendo de dor crônica e não gosta da idéia de submeter-se ao tratamento proposto pela medicina.
O tal scanner esteve em exibição no VIII Congresso Brasileiro de Qualidade de Vida.
A existência de um tal aparelho e a menção à NASA despertaram meu ceticismo. Aparelhos sérios são apresentados em artigos científicos e em encontros profissionais, não congressos de qualidade de vida.
Quando eu era menino o sucesso das missões Apollo conferiram à NASA uma aura de engenharia (na época eu pensava que era ciência, mas hoje entendo que tratava-se de engenharia) de primeira qualidade. Tudo o que vinha da NASA devia ser de fronteira, muito bom. Afinal, eles conseguiram por muitas vezes mandar gente à lua e trazê-los de volta à terra em segurança. Nos últimos anos a NASA passou por crises gerenciais que culminaram nos acidentes fatais com os ônibus espaciais e mesmo de razão-de-ser (é realmente necessário mandar gente para o espaço?). Mesmo assim, José Joaquim Lupi, um engenheiro português deve pensar que a NASA ainda é um carimbo de qualidade tecnológica e decidiu adotá-lo em sua fraude.

Trata-se do SCIO (Scientific Consciousness Interface Operations) / QXCI (Quantum Xrroid Conscience Interface). Segundo a página da Neuroquantum, empresa que produz e vende a engenhoca, ela foi mesmo "desenvolvida por cientistas que trabalharam na NASA , com base nos sistemas de monitorização bio-energética dos astronautas". Monitorização bioenergética dos astronautas? Sejamos sérios... Tem mais:

Como funciona? "Depois do SCIO/QXCI ter medido os níveis de Vitaminas, amino ácidos, nutrientes, alimentos, minerais, enzimas, açucares naturais, toxinas, niveis hormonais, tónus muscular, doenças, bactérias, bolores, fungus, virus,bem como o estado de saúde e o equilibrio dos orgãos internos, então compara estes valores com uma “norma”. Revela tanto os aspectos negativos como tambem os aspectos positivos. No entanto, para tentar melhorar e revitalizar a saúde, temos tendência a focalizar-nos mais nos aspectos negativos, do que nos positivos. Em alguns casos vai acrescentar frequências,e noutros casos pode invertê-las para ou reforçar, ou contrapôr às resonâncias próprias do corpo."
Como ele obtém toda essa informação? "O SCIO liga-se ao cliente através de bandas colocadas estrategicamente na testa, pulsos e tornozelos."
Qual o princípio de funcionamento? "Por que o SCIO/QXCI se baseiam na Fisica Quântica, é dificil explicar muito brevemente como funcionam estas terapias. Durante a terapia , o SCIO/QXCI, medem os padrões de resonância/reactância do corpo e determinam que melhoria ocorreu no periodo de tempo decorrido desde a ultima medida (menos de 1 segundo antes). Se se verifica uma melhoria a ressonância de entrada é alterada energéticamente. Mantêm-se cada parâmetro benéfico enquanto for útil, e adapta-se á medida das necessidades detectadas. Para mais informação e melhor compreensão, a Internet oferece extensa informação sobre Física Quântica."
Quanto custa? "Atualmente 15 mil euros excluindo impostos."

Ah, bom, agora entendi. Vou tentar traduzir: Trata-se provavelmente de um medidor de bio-impedância conectado a um computador que pretende a partir disso medir os níveis de todos aqueles ingredientes citados acima. Claro que isso não é possível. Não tem com explicar, não porque os princípios se baseiam na física quântica, mas simplesmente porque não tem explicação mesmo.
Há mais (des)informação na página da Associação Ibero-Americana de Terapias Quânticas, fundada e presidia pelo próprio Lupi e no Instituto Neuro Quantum, presidido adivinhem por quem, e ainda na Bioquantica.

Pode piorar? Claro que sim, pois uma fraude nunca limita-se a uma engenhoca. A "tecnologia" teria sido criada pelo "Prof Dr William Nelson". Tem uma suposta biografia dele no blog Medicina Quântica, que foi traduzida do The Quantum Centre. Toda essa biografia é uma fraude, como mostrado no ótimo Occam's Donkey, uma mistura da navalha de Ockham com o burro do Shrek. Há material sobre o Sr. Nelson também no Bad Science.
Um artigo no Seattle Times levantou em novembro de 2007 muito sobre a verdadeira biografia do picareta. Citando o artigo:
"Nelson faz afirmações extraordinárias sobre sua vida. Ele diz ter trabalhado como consultor para a NASA, ajudando a salvar a problemática missão Apollo 13 quando ainda era adolescente. Ele orgulha-se de ter sido um ginasta reserva na equipe olímpica americana em 1968. Ele afirma ter 8 doutorados, incluindo em medicina e direito. Seu CV foi obtido pelo Seattle Times.
Nada disso pode ser verificado. A NASA não tem registro algum de seu emprego. Ele não foi um atleta olímpico. Seus "doutorados" vêm de universidades não reconhecidas nos EUA ou de cursos por correspondência.
O Seattle Times relata vários casos em que pacientes com câncer foram convencidos por charlatães que se utilizam de aparelhos SCIO/QXCI a substituir seus tratamentos médicos pela SCIO/QXCI, resultando em mortes inevitavelmente dolorosas. Eles provavelmente morreriam de qualquer forma, mas os charlatães retiraram deles qualquer esperança de sobrevivência. O marido de uma das vítimas é um diretor aposentado da Microsoft e analisou o código-fonte do software. Ele gera resultados ao acaso. Uma fraude completa.
Obviamente Nelson teve problemas com a FDA, a agência americana que regula esse tipo de equipamento. Ele foi condenado em 9 processos e fugiu dos Estados Unidos. Hoje ele vive em Budapest, de onde controla seus negócios e também se apresenta no Club Bohemian Alibi com o nome artístico de Desiré Dubounet. É isso mesmo, nosso genial inventor faz um biquinho como travesti depois do expediente. Os 15 mil euros por máquina aparentemente não são suficientes para garantir o leitinho das crianças.

Que podemos esperar do senhor Lupi, representante luso do grande Nelson/Dubounet? Filho de peixe peixinho é, diz o ditado. Uma rápida olhada em seu currículo revela um amontoado de fraudes. Ele é supostamente professor/autor da Faculdade Integrada da Grande Fortaleza, que ficou na posição 574 na categoria "Outros" do Indice Geral de Cursos divulgado pelo MEC. Não é bem um brilho acadêmico. Na verdade muito ruim. Lá eles oferecem os seguintes cursos de extensão a distância: Anatomia, Especialista em Biofeedback SCIO, Fisiologia, Terapias Quânticas, Profissional avançado de biofeedback SCIO, Técnico de aplicação profissional de biofeedback SCIO, Técnico de operação e navegação e Educador quântico.
Oba, vou me formar Educador quântico!!! Ou quem sabe em Anatomia a distância?
O Sr. Lupi diz ser "SCIO / QXCI Advanced TRAINER" formado pela IMUNE, ou International Medical University of Natural Education. Na página institucional em lugar de medicna encontramos trailers de vários filmes sobre a gloriosa vida do "Professor" Bill Nelson, inventor do SCIO / QXCI.
O senhor Lupi oferece
certificação em SCIO (até o nível de master!), com uma lista de pessoas certificadas que inclui brasileiros! Pela lei brasileira não cabe ao Sr. Lupi certificar profissionais de saúde quaisquer que sejam.

Espero que os conselhos profissionais brasileiros e portugueses tenham o bom senso de evitar em nossos países o que ocorreu nos Estados Unidos. Gente que usa o SCIO para diagnóstico e tratamento deve ser punida por exercício perigoso e ilegal de profissão da área da saúde.

Agradeço à Lygia por ter me falado sobre o "scanner desenvolvido na NASA". Esse foi um dos posts mais surpreendentes que já escrevi.

PS: Depois de escrever esse texto descobri que há vídeos do próprio senhor Lupi mostrando sua máquina quântica milagrosa no You Tube.
Ele afirma coisas desse teor:
"A função dessa terapia quantica é permitir levar de novo o ser humano a sua dimensão integral de corpo, mente e espírito.
O diagnóstico é feito pelo corpo energético. Então o corpo elétrico da pessoa, através da sua reatividade eletrofisiológica medida nos níveis mais inconscientes, nos meridianos de acupuntura, no sistema nervoso autônomo e até na reatividade do cérebro vai permitir um diagnóstico completo, rápido.
O princípio do reequilíbrio bioenergético, tocando os quatro níveis de cura do ser humano: físico, emocional, mental e energético, permite tocar todo o tipo de perturbação de saúde e bem estar. A terapia quantica, ao entrar na base da essência do quantum, que está na base de tudo, vai permitir inter-relacionar os aspectos físicos, mentais, emocionais e energéticos da pessoa e então levar uma abordagem integrada que é mais rápida e definitiva."

Desnecessário dizer que isso é um monte de frases sem sentido mas que impressionam os incautos. O corpo energético, o corpo elétrico, a reatividade eletrofisiológica, os quatro níveis de cura, a base da essência do quantum...
Pra piorar, no vídeo aparece a célebre equação E=mc2. O único problema é que essa equação é uma expressão relativística, que não tem absolutamente nada a ver com mecânica quântica. Desconfio que a compreendsão que o Sr. Lupi tem de mecânica quântica seja bastante limitada.

Grave mesmo é ele afirmar que seu equipamento "permite tocar todo o tipo de perturbação de saúde e bem estar". Vender um aparelho que cura todos os males tem um nome, que é o mesmo em português do Brasil e de Portugal: charlatanice.
*Fonte do Artigo : Leandro R. Tessler-Físico (UFRGS), Mestre em Física (Unicamp), Ph. D. (Tel Aviv University). Atualmente sou Professor Associado do Instituto de Física "Gleb Wataghin" da Unicamp e Coordenador de Relações Internacionais da universidade. Faço pesquisas com luminescência de elementos das terras raras em semicondutores e também em Ensino Superior, Inclusão Social, Ação Afirmativa e Divulgação Científica.


Postagens mais visitadas deste blog

MEDICINA VIBRACIONAL - A SAÚDE E O ADOECER HUMANO SOB A ÓPTICA DA FÍSICA QUÂNTICA

"Somos as únicas criaturas na face da terra capazes de mudar nossa biologia pelo que pensamos e sentimos! Nossas células são constantemente modificadas pelos nossos pensamentos. Um surto de depressão pode arrasar seu sistema imunológico; apaixonar-se, ao contrário, pode fortifica-lo tremendamente"
Dr. Deepak Chopra

MEDICINA VIBRACIONAL - A SAÚDE E O ADOECER HUMANO SOB A ÓPTICA DA FÍSICA QUÂNTICA
"No mundo da medicina vibracional, a doença é causada não apenas por germes, substâncias químicas e traumas físicos, mas também por disfunções crônicas dos padrões de energia emocional e pelos maus hábitos de relacionamento da pessoa consigo mesma e com os outros. O caminho vibracional não usa bisturis e medicamentos de laboratório para tratar as doenças, mas sim diferentes formas de energia para produzir transformações curativas na mente, no corpo e no espírito do doente” (Richard Gerber - Medicina Vibracional: Uma medicina para o Futuro).

Medicina vibracional é um conceito e suge…

10 ESTUDOS CIENTÍFICOS DEMONSTRAM QUE A CONSCIÊNCIA PODE ALTERAR O MUNDO FÍSICO

10 Estudos Científicos Demonstram que a Consciência Pode Alterar o Mundo FísicoNicola Tesla foi quem disse melhor, “o dia em que a ciência começar a estudar os fenômenos não-físicos, vai fazer mais progresso numa década do que em todos os séculos anteriores da sua existência. Para compreender a verdadeira natureza do universo, deve-se pensar em termos de energia, frequência e vibração.” Swami Vivekananda era o mentor de Tesla, um monge hindu indiano e o principal discípulo santo Ramakrishna do século 19. A ciência funciona melhor quando em harmonia com a natureza. Se colocarmos os dois juntos, podemos descobrir grandes tecnologias que só podem acontecer quando a consciência do planeta está pronta para abraçá-los, como a energia livre. A intenção de apresentar esta informação é para demonstrar que os pensamentos, intenções, oração e outras unidades de consciência podem influenciar diretamente o nosso mundo físico. A consciência pode ser um grande factor na criação de mudanças no planeta.

CORPO HUMANO: UMA PROJEÇÃO DA CONSCIÊNCIA

CORPO HUMANO: UMA PROJEÇÃO DA CONSCIÊNCIA
Um dos princípios fundamentais da física quântica é que nossos pensamentos determinam a realidade. No início de 1900 isto foi provado sem sombra de dúvida com uma experiência chamada de dupla fenda. Eles descobriram que o fator determinante do comportamento da energia (“partículas”) no nível quântico é a consciência do observador.

Por exemplo: os elétrons nas mesmas condições, às vezes agem como partículas e em outras vezes agem como ondas (energia sem forma), porque são completamente dependentes do que o observador espera que aconteça. Seja o que for que o observador acredita que ocorrerá é que o campo quântico fará.
O mundo quântico está esperando por nós para tomar uma decisão para que ele saiba como se comportar. É por isso que os físicos quânticos têm dificuldades em lidar com os experimentos para explicar e definir o mundo quântico. Somos verdadeiramente em todos os sentidos da palavra, mestres criadores, porque nós decidimos o que vai se m…