Pular para o conteúdo principal

GREGG BRADEN : CIÊNCIA E ESPIRITUALIDADE




Gregg Braden, desenhista de sistemas de computação aeroespaciais e geólogo chefe da Phillips Petroleum, é um cientista conhecido hoje por unir o mundo da ciência e o mundo espiritual, vale a pena ler o que ele diz!

Você sabe que hoje a ciência já provou através da física quântica que somos energia e que estamos todos conectados através de nossa vibração?

Deus é puro amor, é energia e por ser energia, não morre, não desaparece, é imortal e está em todos os lugares.

E como somos a imagem e semelhança de Deus, sabemos que somos energia e hoje podemos provar isso.

Somos seres espirituais e não seres feitos de matéria (e somos eternos).


Durante muito tempo achava-se que a menor partícula de uma célula, o átomo era feito de matéria.

Depois descobriram que na verdade a maior parte de um átomo é vácuo, então achava-se que o núcleo que é muito pequeno seria material.

Esta idéia caiu por terra quando através do uso de microscópios eletrônicos muito potentes verificou-se que o núcleo de um átomo é apenas uma energia condensada, não é matéria.

Mas se tudo o que existe no mundo “material” é feito de um conjunto de células, estas são feitas de átomos e se um átomo de qualquer coisa não é material, então...

No nível microscópio, nada é material, tudo é vibração, tudo é feito de energia condensada.

Vivemos num universo de vibração e nossos corpos são feitos a partir da vibração da energia que emanamos constantemente.

 
O que você pensa sobre o seu corpo e a sua saúde???

O Código de Isaías

Apesar de pouco conhecido ainda, a descoberta do Grande Código Isaías nas cavernas do Mar Morto, em 1946, revelou as chaves sobre o nosso papel na criação.

Entre estas chaves encontram-se as instruções de um modelo “perdido” de oração, que a ciência quântica moderna sugere que tenha o poder de curar nossos corpos, trazer paz duradoura a nosso mundo e, talvez, prevenir as grandes tragédias que poderia enfrentar a humanidade.

“Com as palavras de seu tempo, os Essênios nos lembram que toda a oração já foi atendida por Deus.”

Qualquer resultado que possamos imaginar e cada possibilidade que sejamos capazes de conceber, é um aspecto da criação que já foi criado e existe no presente como um estado “adormecido” de possibilidade.

A física quântica já foi apelidada de Física das Possibilidades, por nos dizer que tudo o que imaginamos encontra-se disponível como uma das possibilidades que vamos assimilar em nossas vidas, só devemos “atrair” a que desejamos através do pensamento.

CRIAR, ATRAIR OU ACESSAR?

A partir desta perspectiva, nossa oração baseada nos sentimentos deixa de ser “algo por obter” e se converte  em “acessar” o resultado  desejado, que já está criado no mundo vibracional (quântico, atômico) das infinitas possibilidades.

Ou seja, nada é impossível, quando temos um desejo sincero, este desejo torna-se parte das nossas possibilidades futuras no nível quântico e só precisamos sintonizá-lo.

Então já sabemos que a ciência atual consegue provar através da teoria quântica que pensamento é energia, que toda energia tem uma vibração e que a vibração cria o mundo material, nossos corpos e todo o restante ao nosso redor foi e continua sendo criado através das nossas mentes coletivas.

Também sabemos que a luz é uma fonte de energia, então...

A que estão conectadas as partículas de luz?

Gregg Braden diz que estamos sendo levados a aceitar a possibilidade de que existe um NOVO campo de energia e que o DNA está se comunicando com os fótons por meio deste campo.

 

EXPERIMENTO   1

1. Neste experimento foi recolhida uma amostra de leucócitos (glóbulos brancos) de vários doadores.

Estas amostras foram colocadas em uma sala com um equipamento de medição das alterações elétricas.

Neste experimento o doador era colocado em outra sala e submetido a "estímulos emocionais“ provocados por vídeos que lhe causavam emoções.

O DNA era colocado em um lugar diferente do doador, mas no mesmo prédio.

O doador e seu DNA eram monitorados e quando o doador mostrava alterações emocionais (medidas em ondas elétricas) o DNA visualizado através de microscópios MUITO potentes expressava RESPOSTAS IDÊNTICAS E SIMULTÂNEAS.

Os altos e baixos do DNA COINCIDIRAM EXATAMENTE com os altos e baixos do doador.


O objetivo era saber a que distância poderiam estar separados o doador do seu DNA para que o efeito continuasse a ser observado.

Pararam de fazer provas quando chegaram a uma distância de mais de 80 quilômetros entre o DNA e seu doador, e continuaram obtendo o MESMO resultado.

Sem diferença e sem atraso de transmissão.

O DNA e o doador tiveram as mesmas respostas ao mesmo tempo.

Mas o que isto significa?

Gregg Braden diz que isto significa que as células vivas se reconhecem através de uma forma de energia não reconhecida com antecipação.

Esta energia não é afetada nem pela distância nem pelo tempo.

Não é uma forma de energia localizada, mas uma energia que existe em todas as partes e todo o tempo. 

Postagens mais visitadas deste blog

MEDICINA VIBRACIONAL OU MEDICINA QUÂNTICA

Medicina Vibracional ou Medicina Quântica"No mundo da medicina vibracional, a doença é causada não apenas por germes, substâncias químicas e traumas físicos, mas também por disfunções crônicas dos padrões de energia emocional e pelos maus hábitos de relacionamento da pessoa consigo mesma e com os outros. O caminho vibracional não usa bisturis e medicamentos de laboratório para tratar as doenças, mas sim diferentes formas de energia para produzir transformações curativas na mente, no corpo e no espírito do doente” (Richard Gerber - Medicina Vibracional: Uma medicina para o Futuro).

Medicina vibracional é um conceito e sugere que devemos estudar os fenômenos biológicos sob a ótica da física quântica. Atua no nível “vibracional” e assim trata os desequilíbrios antes que eles se tornem doenças instaladas além de ajudar a controlar problemas crônicos e de difícil solução. 

Leva em conta o fato de que somos feitos não apenas do corpo físico, mas de corpos energéticos sobrepostos a este. …

NÚMEROS QUE CURAM - OS CÓDIGOS DE GRABOVOI

NÚMEROS QUE CURAM - Códigos de Grabovoi
AS SEQUÊNCIAS NUMÉRICAS DE CURA Lei da Atração
Em “Números que curam” Grigori Grabovoi reúne mais de mil doenças, e a cada uma é atribuído um número de 7, 8 ou 9 dígitos. Ao se concentrar em uma dessas sequências numéricas, a cura começa. Como algo tão simples pode ser tão eficaz?
A doença é um desvio por parte do organismo e cura supõe o retorno ao natural. Os números geram vibrações que podem ajudar o corpo a tomar o caminho de volta à normalidade.
A base do sistema é formada pelas sequências de números de sete dígitos. Para problemas mais específicos podem ser usados oito e nove dígitos.
A concentração no número ou números apropriados deve ser realizada pelo próprio paciente. Quando não tem um diagnóstico específico deve se concentrar na sequência numérica do capítulo que inclui doenças do mesmo tipo.
A concentração pode ser feita em qualquer momento e só pode ser realizada pelo paciente. Este, pode ver, imaginar ou escrever o número em questão, ou u…

ACUPUNTURA QUÂNTICA - CRISTAIS RADIÔNICOS

Fruto de 7 anos de pesquisas, os Cristais Radiônicos já são uma realidade entre nós. Nascido pelas mãos do engenheiro acupunturista Raul Breves. Estudioso de acupuntura desde 1980, professor especializado em diagnósticos eletrônicos no CEATA e escritor de 5 livros, era mais do que esperado que surgissem novos frutos de alguém tão dedicado a decifrar essa arte milenar. “Eles nasceram em 2008 quando tentei gravar em pequenos cristais auriculares o mesmo programa mental que utilizava em minhas sessões de acupuntura tradicional via radiônica - conta ele.

- De resto foi aprender a trabalhar com essa nova realidade. A minha primeira descoberta foi no aspecto de amenizar dores. Nunca tive tanto sucesso para processos álgicos. - Mas o mais surpreendente foi descobrir a atuação dos mesmos em questões psíquicas. Eles são extremamente poderosos para amenizar depressões, ansiedades, medos, preocupações... e em menos de 1 minuto!"  Diz Dr. Raul Breves, criador dos Cristais Radiônicos.


Os Cri…