Pular para o conteúdo principal

A INTENÇÃO CONSCIENTE E A CRIAÇÃO DA REALIDADE - AMIT GOSWAMI



“O que você está fazendo para participar da criação da realidade que todos nós compartilhamos?”
Quando o matemático John von Neumann teorizou que a consciência provoca o “colapso” da onda de possibilidade quântica ao escolher e concretizar uma de suas facetas, tal ideia levou o físico Fred Alan Wolf a afirmar: “Nós criamos a nossa própria realidade”. Porém, as imagens que a frase evocou geraram muitos desencontros.
As pessoas abraçaram o conceito de criação quântica da realidade, sem dúvida, mas as tentativas de criação produziram resultados confusos e deturpados porque os “criadores” não estavam cientes de uma sutileza: nós criamos nossa própria realidade, mas não a criamos a partir de nosso estado ordinário, e sim sob um estado não ordinário de consciência.
As contradições que certamente se manifestariam no campo da decisão individual – duas escolhas diferentes não podem se materializar ao mesmo tempo – se desfazem à luz da seguinte constatação: o que permite à consciência ser livre agente de causa sem nenhum paradoxo é sua natureza unitiva, não local e cósmica. A consciência é uma e única para todos nós.
E um dos aspectos mais importantes dessa concepção é o poder da nossa intenção. Mas como desenvolvê-lo? O fato é que todos nós desejamos coisas por meio das nossas intenções; algumas vezes funciona, mas geralmente não. Isso ocorre porque estamos no nosso ego quando desejamos. Mas como mudar isso?
Uma intenção deve começar com o ego; é o ponto em que estamos originariamente, local, egoísta. No segundo estágio, desejamos por todos nós, indo além do egoísmo. No terceiro, permitimos que nossas intenções tornem-se uma oração: se a minha intenção ressoa com a intenção do todo, da consciência quântica, então deixe vir à tona a realização. No quarto estágio, a oração passa a ser silêncio, transformando-se em meditação.
Portanto, desejar não apenas nos mobiliza a ter uma intenção, mas também nos ensina a esperar passivamente. Por outro lado, se esperamos demais, esquecemos o que havíamos planejado. Então cessamos a espera e nos colocamos ativos novamente. Assim, o segredo real da manifestação revela-se na alternância entre o fazer e o ser, ao que chamo estilo de vida “do-be-do-be-do”    (fazer-ser-fazer-ser-fazer).
Há um segredo final: como sabemos com qual intenção da consciência podemos alinhar a nossa intenção? A resposta é evolução criativa – a intenção da consciência caminha no sentido de evoluirmos juntos em direção a um bem maior para todos.

Amit Goswami

Fonte: Universo Natural

Postagens mais visitadas deste blog

MEDICINA VIBRACIONAL OU MEDICINA QUÂNTICA

Medicina Vibracional ou Medicina Quântica"No mundo da medicina vibracional, a doença é causada não apenas por germes, substâncias químicas e traumas físicos, mas também por disfunções crônicas dos padrões de energia emocional e pelos maus hábitos de relacionamento da pessoa consigo mesma e com os outros. O caminho vibracional não usa bisturis e medicamentos de laboratório para tratar as doenças, mas sim diferentes formas de energia para produzir transformações curativas na mente, no corpo e no espírito do doente” (Richard Gerber - Medicina Vibracional: Uma medicina para o Futuro).

Medicina vibracional é um conceito e sugere que devemos estudar os fenômenos biológicos sob a ótica da física quântica. Atua no nível “vibracional” e assim trata os desequilíbrios antes que eles se tornem doenças instaladas além de ajudar a controlar problemas crônicos e de difícil solução. 

Leva em conta o fato de que somos feitos não apenas do corpo físico, mas de corpos energéticos sobrepostos a este. …

NÚMEROS QUE CURAM - OS CÓDIGOS DE GRABOVOI

NÚMEROS QUE CURAM - Códigos de Grabovoi
AS SEQUÊNCIAS NUMÉRICAS DE CURA Lei da Atração
Em “Números que curam” Grigori Grabovoi reúne mais de mil doenças, e a cada uma é atribuído um número de 7, 8 ou 9 dígitos. Ao se concentrar em uma dessas sequências numéricas, a cura começa. Como algo tão simples pode ser tão eficaz?
A doença é um desvio por parte do organismo e cura supõe o retorno ao natural. Os números geram vibrações que podem ajudar o corpo a tomar o caminho de volta à normalidade.
A base do sistema é formada pelas sequências de números de sete dígitos. Para problemas mais específicos podem ser usados oito e nove dígitos.
A concentração no número ou números apropriados deve ser realizada pelo próprio paciente. Quando não tem um diagnóstico específico deve se concentrar na sequência numérica do capítulo que inclui doenças do mesmo tipo.
A concentração pode ser feita em qualquer momento e só pode ser realizada pelo paciente. Este, pode ver, imaginar ou escrever o número em questão, ou u…

ACUPUNTURA QUÂNTICA - CRISTAIS RADIÔNICOS

Fruto de 7 anos de pesquisas, os Cristais Radiônicos já são uma realidade entre nós. Nascido pelas mãos do engenheiro acupunturista Raul Breves. Estudioso de acupuntura desde 1980, professor especializado em diagnósticos eletrônicos no CEATA e escritor de 5 livros, era mais do que esperado que surgissem novos frutos de alguém tão dedicado a decifrar essa arte milenar. “Eles nasceram em 2008 quando tentei gravar em pequenos cristais auriculares o mesmo programa mental que utilizava em minhas sessões de acupuntura tradicional via radiônica - conta ele.

- De resto foi aprender a trabalhar com essa nova realidade. A minha primeira descoberta foi no aspecto de amenizar dores. Nunca tive tanto sucesso para processos álgicos. - Mas o mais surpreendente foi descobrir a atuação dos mesmos em questões psíquicas. Eles são extremamente poderosos para amenizar depressões, ansiedades, medos, preocupações... e em menos de 1 minuto!"  Diz Dr. Raul Breves, criador dos Cristais Radiônicos.


Os Cri…